Emissoras AM saem do ar, e poucos notam. Faltou um réquiem para o canal 1120 de Porto Alegre

Sim, pra frente é que se anda, as tecnologias evoluem. O que é grande hoje, amanhã será reduzido a pó. Tudo passa. Mas também não vamos exagerar no esquecimento, não é? Quero, ainda que tardiamente, ao menos fazer o meu registro de algo grandioso que sumiu no ar há dois anos. Hoje nem tanto, mas antigamente havia pompa ao colocar uma emissora de rádio no ar. Por que a despedida é silenciosa e anônima?

Em 30 de setembro de 2018, um domingo, Porto Alegre perdia uma de suas mais tradicionais frequências de rádio. Os 1120 kHz em AM, que tanto embalaram a juventude de Porto Alegre nos anos 70 e muitos músicos locais projetou, simplesmente foram largados na estrada. Foi uma rádio muito diferente a Continental de Porto Alegre da década de 1970. Em 2018, depois de muitas mudanças, era a moribunda Rádio Rural.

Percebi a ausência do sinal da 1120 poucos dias depois, em 3 de outubro, quando iniciava longa viagem de carro. Podia ser algo passageiro, pensei. Como fiquei muito tempo distante, não pude checar se ela seguia fora do ar nas semanas seguintes.

Dezesseis dias depois, aparece a única notícia que vi registrada sobre o assunto. No dia 19 de outubro, o site coletiva.net dizia: “O Grupo RBS oficializou o fim da rádio Rural, que operava no AM 1120 e a concessão da frequência foi devolvida ao governo federal ‘”por não haver sentido estratégico em sua migração para o FM”‘, conforme explicou a empresa ao Coletiva.net”, começava o texto.  Ainda bem que alguém noticiou, mesmo sem citar a data precisa do encerramento das transmissões, mas muito mais merecia o acontecimento. A data de 30 de setembro foi anotada pelo radioescuta Mattheus Moraes e me repassada por outro, Célio Romais.

A Sociedade Rádio Emissora Continental de Porto Alegre estava no ar desde 1962, mas fez a diferença, de fato, entre 1971 e 1980, quando, sob a direção de Fernando Westphalen, o Judeu, adotou programação direcionada ao público jovem e universitário, uma novidade de enorme sucesso que marcou época no dial portoalegrense.

Na década de 1980, mudou de mãos – da Globo para a RBS – trocou de nome e programação diversas vezes e, por fim, desde 1999, era a Rádio Rural. Nos últimos anos, tocava apenas música no piloto automático e tinha como único funcionário o senhor Pedro Ferreira, encarregado de cuidar do transmissor, na Estrada do Conde, em Eldorado do Sul, município vizinho a Porto Alegre. Em uma das fotos, vê-se que o imóvel, de 3 hectares, foi a leilão. As antenas foram retiradas no segundo semestre de 2019

O mesmo seu Pedro que, no dia 27 de agosto de 1962, havia colocado a rádio no ar pela primeira vez, ainda em caráter experimental. Ou seja, este homem zelou pelo transmissor dos 1120 durante todos os 56 anos em que ele esteve ligado. Bem, houve alguns dias de 1973 em que o transmissor foi silenciado pela ditadura vigente. Alguns detalhes dessa história me foram contados por seu Pedro e estão publicados em meu livro Continental, A Rádio Rebelde de Roberto Marinho, da Editora Insular.

Ao contrário de pomposas inaugurações, o encerramento se dá no mais absoluto silêncio. Nenhuma reverência ao que se passou por ali. Nem um simples comunicado da empresa. Simplesmente, foi ao ar e desapareceu. Nem sempre foi assim. Em 1954, a primeira emissora FM do mundo, de Edwin Armstrong, em New Jersey, teve uma transmissão de despedida, vejam só.

Claro, no caso da 1120 nem precisaríamos chegar a tanto. A rádio já estava decadente há anos. Mas é o ponto final de uma história importante. Sim, sempre estamos perdendo coisas para dar lugar a novas. Mas uma geração inteira teve um carinho muito grande por aquele canal. O local físico de onde emanavam aquelas ondas ainda ostenta uma logomarca, de um período em que chamou-se apenas 1120.

Para escutar um pouco do que a Continental dos anos 70 transmitia: www.continental1120.com. O livro citado anteriormente também reúne algumas histórias interessantes, inclusive passadas nesse local. As fotos, feitas por mim em junho de 2020, mostram o prédio onde ficava o transmissor da 1120, em Eldorado do Sul.

Outra emissora de Porto Alegre sumiu do ar em setembro de 2020. A Cultura, em 840. Isso e mais informações sobre o assunto rendem outra postagem.

Texto e fotos de Lucio Haeser. Reprodução permitida desde que citado o autor e o link radilab.blog.br.

Publicado por Lucio Haeser

Interested in field recordings, electroacustic music and audio documentaries.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: